CONCLUSÕES DE UMA ADOLESCENTE

CHEGUEI A UMA FASE DA VIDA QUE NÃO CONSEGUIA  ACREDITAR QUE SERIA MAIS POSSÍVEL ME APAIXONAR NOVAMENTE, AFASTAVA TODOS A MINHA VOLTA FECHEI-ME TOTALMENTE PARA O AMOR, SÓ CONSEGUIA VER E SENTIR A FRIEZA NAS PESSOAS E ASSIM ME TORNEI FRIA TAMBÉM, NÃO HAVIA UMA GOTA DE ESPERANÇA DENTRO DE MIM, SOMENTE TRISTEZA, AS NOITES TORNAVAM MAIS LONGAS DO REALMENTE ERAM E OS DIAS PARECIAM INFINITOS. E A DOR E O DESESPERO IAM TOMANDO CONTA DO MEU SER FOI AÍ EM MEIO A TANTO CAUS A TANTA BAGUNÇA INTERIOR QUE  APARECEU ASSIM DO NADA E COM TEU JEITO DE VER O MUNDO DE AMAR A VIDA E ACIMA DE TUDO SEMPRE SORRIR, QUE ME FEZ ACREDITAR DE NOVO NO AMOR DE SORRIR DAS COISAS MAIS IDIOTAS, E FOI COM ESSE TEU SORRISO QUE EU ME APAIXONEI COM O TEU JEITO DE ME TRATAR, E FOI ASSIM A CADA DIA QUE VOCÊ FOI ME AJUDANDO A COLORAR AS COISAS NO TEU DEVIDO LUGAR CADA INSEGURANÇA, NO LUGAR DO MEDO VOCÊ ME DEU SEGURANÇA, NO LUGAR DAS LÁGRIMAS SORRISOS, E A CADA PEDRA DE GELO NO CORAÇÃO UMA CHAMA DE PAIXÃO NO PEITO. SÓ TENHO QUE LHE AGRADECER POR TUDO, POR FICAR ATÉ TARDE CONVERSANDO COMIGO NO TELEFONE MESMO SABENDO QUE TENS QUE TRABALHAR PELA MANHÃ, E POR ME FAZER UMA PESSOA MELHOR A CADA DIA… OBRIGADA MEU DEUS POR COLOCAR ESSE ANJO EM MINHA VIDA! QUE ME FAZ FELIZ A CADA DIA… S2



BY
LAURA OLIVEIRA.

Anúncios

O medo do amor nos amedronta a viver…

Todos sempre me questionavam o porquê eu não era
Igual às outras garotas da minha idade, que namoravam e pareciam felizes ah essas coisas… De ser adolescente…
Já me perguntaram se eu era lésbica (não sou lésbica) se eu estava com depressão ou coisa do tipo por ser tão ”DIFERENTE” das outras garotas…
Mas a verdade é que eu já vi tantas amigas minhas sofrerem por caras que não valiam uma lágrima derramada que acabei me fechando para qualquer tipo de relacionamento, por medo de sofrer de ser infeliz e por fazer o outro infeliz, ou até mesmo ser traída que a única coisa que eu soube fazer foi afastar todos de perto de mim, e acho que é isso mesmo que faço quanto tenho medo, é mais fácil fugir do problema do enfrenta-lo.
Acordei hoje com o seguinte pensamento: oque deveria estar fazendo uma garota de 18 anos nesse exato momento? Ou oque eu tinha feito até os tão sonhados 18?
E a resposta obtida foi: eu vivi todos esses anos com Medo, medo de não ser aceita pela sociedade… Que acabei me esquecendo da vida por egoísmo…
Por isso eu venho lhe falar viva, ame, se jogue você não tem nada a perder.
Você é linda menina do jeito que você é não mude pelo outro, mas se você vir que há necessidade da mudança mude por você mesmo. Sorria, conheça pessoas novas leia faça aquilo que lhe der na telha… Seja você!
Você é capaz de conquistar o que quiser, apenas deixe o medo preso na gaveta…
Há oque eu realmente precisava era de tempo, tempo para me descobrir. Tempo para me aceitar do jeitinho que eu sou e me amar primeiro, antes de qualquer outra pessoa.
E consequentemente achar uma pessoa que me amasse do jeito que eu sou com todos os meus defeitos e qualidades…

By: Laura Oliveira.